:: EMDAEP | Empresa de Desenvolvimento, Água, Esgoto e Pavimentação de Dracena ::
Imprensa destaca combate às fraudes em hidrômetros
27 de Junho de 2017 - 08:34

Confira reportagem do Jornal Regional em 27 de junho:

O crescimento na adulteração dos hidrômetros no município fez a Empresa de Desenvolvimento de Água, Esgoto e Pavimentação (Emdaep), intensificar os trabalhos de fiscalização em instalações de água.
“Tem se tornado crescente os casos de violações em hidrômetros e religações clandestinas, exigindo postura ativa da concessionária na tentativa de evitar a ocorrência desta prática ilegal e abusiva”, informa a Empresa.
Segundo a Emdaep, as ocorrências mais freqüentes são rompimentos de lacres, danificação do aparelho medidor, provocando furo no hidrômetro, ligações e reaberturas clandestinas e desvios de água antes do hidrômetro. São constatados ainda lançamentos clandestinos nas redes de esgoto.
O presidente da Emdaep, Fernando Ruiz Filho, explica os casos de clientes em que o fornecimento de água é suspenso por falta de pagamento e ele auto religa o hidrômetro.
A verificação da adulteração nos medidores, conforme o presidente, é feita de diferentes formas, uma delas, é a checagem do relatório de consumo mensal de água do morador.
“Quando há discrepâncias é emitida uma ordem de serviço (OS), para verificar, há casos que justificam a queda no consumo, mas outros infelizmente ocorrem as fraudes”, acrescenta Ruiz.
Outra forma de detectar eventuais irregularidades, de acordo com o presidente, é pelo próprio leiturista no seu trabalho do dia a dia que detecta disparidades no valor do consumo.
Ruiz relata que há casos suspeitos de fraudes com boletim de ocorrência (BO) registrado pela Polícia que aguardam resultado da perícia técnica. O presidente não precisou a quantidade de fraudes constatadas, mas reiterou que está ocorrendo bastantes casos.
A assessoria de comunicação da Emdaep alerta a quem pratica a fraude, que está comprometendo a qualidade do serviço prestado, onera os cofres públicos e traz prejuízos aos demais que não praticam irregularidades. “Quem pratica a fraude deixa de pagar pelos serviços prestados, o que torna o serviço mais oneroso para todos” explica a assessoria.
A Emdaep explica que está localizando as possíveis fraudes e que se forem constatadas, os infratores serão punidos e determinado que se proceda a regularização para a continuidade do abastecimento de água e coleta de esgoto sanitário.
Constatada a fraude, o usuário será notificado e aplicada multa. “É importante afirmar que fraudar as ligações de água pode configurar a prática do crime de furto, previsto pelo art. 155 do Código Penal”. A Emdaep informa que os casos de fraude serão levados ao conhecimento da autoridade policial competente, a quem caberá investigar a prática.

CORTES- Sobre os cortes de água para o consumidor inadimplente, a Emdaep informa que de segunda a quinta-feira, três equipes realizam esse trabalho. O consumidor que atrasar o pagamento da conta em até dois meses estará sujeito ao corte, mas antes é notificado a comparecer na empresa e acertar o débito pendente.
Diariamente são feitos de 40 a 45 cortes, conforme o presidente. Desde janeiro deste ano, foram mais de 2 mil suspensões nos fornecimentos de água. A maioria é religada após o pagamento do débito. (Com informações da Emdaep).

SERVIÇO- Casos de conhecimento de ligações clandestinas podem ser denunciados pelos fones (18) 3821-8383, 3821-1146 ou 3821-4110.





 

Galeria de Fotos    Foto:


         

EMDAEP - Empresa de Desenvolvimento Água, Esgoto e Pavimentaçâo de Dracena
Fone: (18) 3821-8383
Rua Euclides da Cunha, nº 430 -     Centro -      Dracena - SP       CEP:  17900-000
© 2010 MAF Sistemas - Todos os direitos reservados
Resolução mínima 1024 x 768